segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Primeiro passo para um Design Instrucional de sucesso: O Planejamento

O primeiro e mais importante ponto de um Design Instrucional é a preparação, ou Planejamento. Não importa se você está muito ocupado ou se está com muita pressa para implentar o curso: Você tem que planejar! Sem o devido planejamento, além de perder tempo com materiais desnecessários, você não deixa sua idéia clara o suficiente para que ela seja plenamente entendida pelos alunos. A grande questão é: "to work smarter, not harder". Planejando o que será feito, suas idéias ficam claras e você trabalha o conteúdo de forma que os usuários terão prazer em estudá-los.

Para começar, você precisa explorar suas habilidades de contemplação e reflexão. Perca algum tempo contemplando e refletindo sobre o conteúdo, mas não se esqueça de que Clareza é o seu ideal. Depois desse tempo, você poderá escrever seus objetivos. Eles devem ser no máximo cinco, mas esse número vai depender do quão complexo é o material que precisa ser ensinado e de quanto você conseguirá ser realista sobre o que quer alcançar com o material.

Com seus objetivos traçados, você precisa detalhar exatamente o que quer que seus usuários sejam capazes de fazer quando terminarem de estudar o conteúdo. Nesse ponto, você precisa ter em mente o seu público:

Idade e Genero
Esses fatores podem fazer uma grande diferença. Existem exemplos que podem funcionar bem para um grupo e para outro, mais velho ou mais novo não.

Prévio conhecimento do assunto
Esse é um fator crítico. O aluno pode reconhecer os tópicos e ficar satisfeito ou ficar entediado lendo tópicos que ele já conhece. Sabendo o que os alunos já conhecem sobre o assunto, você poderá dar pitadas de suporte visual ou exemplos práticos.

Preferências de como aprender
Uma estimativa do grupo sobre esse assunto te dará uma estrada a seguir, com noções do que irá agradar.

Habilidades para aprender sozinho
Pode fazer toda a diferença. Quanto mais independentes os alunos forem, menos estrutura e acompanhamento eles precisarão. Uma vez que eles saibam por que o tópico é relevante, poderão ir direto as informações certas.

Interesse e motivação
É a chave do sucesso por que é impossivel obrigar alguém a aprender. Se seus materiais são realmente importantes para os alunos, mas eles não veem assim, você terá que devotar um tempo maior atraindo a atenção deles e explicando isso.

Com base nas informações acima, podemos resumir o planejamento de um curso à distância respondendo as seguintes perguntas:

- Qual é o seu objetivo?
- O que, especificamente, você precisa que seus alunos estejam habilitados a fazer quando terminarem de estudar o material?
- Seu objetivo é realístico em um único módulo? Você precisa de uma pausa ou de suplementos do materiais com outras atividades e recursos?
- O que você sabe sobre seu público: seus conhecimentos prévios, seus interesses e motivações, etc...?
- Que conteúdo você considera agregar valor real aos seus objetivos?

Um comentário:

Patricia Rotondaro disse...

Sou Pedagoga e aluna da pós-graduação de Design Instrucional para EaD Virtual na UNIFEI.
Estou apenas começando e na Disciplina 2 estamos começando os estudos sobre a importância do planejamento. Encontrei dificuldades na busca de materiais sobre esse assunto. Gostei muito do seu blog e vou disponibilizar o link em nosso curso.